Páginas

11 de nov de 2011

Livro: Academia de Vampiros (1, 2 e 3)

Já estava meio cansada de vampiros na minha vida. O problema é que sempre que uma coisa assim fica na moda, eles exageram e lançam 1 milhão de livros e histórias parecidas de alguma forma, afinal tem até um certo ponto que é possível variar para criar seus próprios personagens...
E só comprei esses 3 primeiros livros da série por 2 motivos: o primeiro e mais importante, estavam numa promoção muito grande no submarino.com e o segundo foi que achei que fossem apenas os 3 volumes...
Descobri que na real são 6 livros, logo, ainda não li o final e começarei falando apenas desses livros iniciais, já lançados aqui no Brasil.... O 4º já foi lançado também, e estou lendo... os dois últimos ainda devem demorar um pouquinho para chegarem por aqui...
De vez em quando, participo de um Clube do Livro que uma amiga minha me chamou pra ir, e numa das vezes que participei, lembro da mediadora comentando sobre essa série, como era boa e tudo... ficou no cantinho do meu cérebro, para se um dia eu tivesse acesso... quem sabe?
Bom, estou apaixonada pela série! É de fato muito boa, e a autora conseguiu renovar o mundo vampiro.
Minha única crítica para esses livros é que a história poderia ser resumida em 2 livros, 3 foram exagerados. Ela demora muito tempo para as coisas importantes acontecerem, e perde muito tempo em detalhes... enrola bastante e o tempo não passa... (ficcional, claro!). A personagem mata, morre, se apaixona, trai, desiste, volta a acreditar, e no final se passaram 3 meses... afinal, esses 3 livros são o último ano de colégio da protagonista...
Falando da história, tenho que começar explicando o mundo em que acontece... Seria um mundo muito parecido com o nosso, mas existiram 3 seres quase sobrenaturais - 2 tipos de vampiros - os Strigoi que seriam os vampiros mortos-vivos do mal que matam quando querem sangue, e os Moroi que seriam os vampiros vivos que não matam e bebem apenas dos fornecedores (viciados humanos que deixam ser mordidos em troca do prazer que gera essa mordida), e um cruzamento entre vampiros e humanos chamados de Dampiros.
Eu sei, é uma viagem bem grande... e com um pouco de genética na situação, os Dampiros para se reproduzirem necessitam de um Moroi. Entre eles a reprodução é impossível... Por esse motivo existe uma certa ordem nas coisas...
Para começar, os Moroi vivem em um sistema de monarquia, com as famílias reais e tudo. Segundo, os Dampiros acabam se tornando guardiões para protegerem os Moroi e garantirem a continuidade da espécie (oi?!). Os Strigoi são excluídos da sociedade, e normalmente vivem em grupos pequenos ou sozinhos... (mas eu ainda acho que eles possuiem uma sociedade própria ainda não revelada)...
Enfim, o que estou gostanto muito desse livro é o fato da personagem começar a se questionar porque essa ordem, se ela deve mesmo seguir, se vale a pena lutar uma luta que não é bem dela... Esses questionamentos são bem discretos e muita gente pode nem percebê-los, mas são bem inteligentes... ahhh, claro que nesse meio tempo ela se apaixona...
Enfim, é uma história que se eu explicar muito, ela vai ficar meio idiota, mas quando você lê, ela é muito boa, logo super recomendo!!


E sendo bem sicera, não leia a capa do livro porque aquele resumo lá é péssimo e não condiz com a história...

Nenhum comentário:

Postar um comentário