Páginas

29 de mar de 2011

fogo

O fogo começou
e com sua fome única foi comendo tudo que estava na sua frente.
desceu os andares, foi na biblioteca, destruiu salas de aula.
E nós, alunos, ficamos um pouco órfãos, sem casa.
Vimos tudo indo, e nada podíamos fazer.
Havia um único bombeiro, com uma única mangueira, jogando água no alto do prédio,
enquanto isso, vimos o fogo descer do terceiro andar, pro segundo.
E a sensação de impotencia só crescendo
o que fazer? Desisti de olhar. Dói muito.
O fogo queimou os ânimos,
Conjecturas começam a ser formada...
pra onde vamos? o que devemos fazer agora? o que está acontecendo?
qual foi o real estrago do fogo?
Iremos ficar totalmente sem casa?
Por sorte, a ECO não foi atingida. Então, parte do sonho ainda existe.
Um lugar que eu aprendi a amar. Um lugar que me abrigou depois de tudo que eu passei, um lugar que me deu esperança, e parte dele foi destruído agora.



Senhora Presidente do Brasil, Ministro da Educação, EU QUERO MINHA CASA DE VOLTA! Resconstrua por favor! E sem obra de igreja. Reconstrua logo.

22 de mar de 2011

Música: Perdedor como Eu*

Você pode pensar que sou um zero,
Mas todo mundo que você quer ser,
Provavelmente começou como eu
Você pode falar que sou uma aberração (eu não me importo)
Mas pode me dar um pouco mais de tempo,
Aposto que você vai mudar de opinião
Toda aquela sujeira que você vem jogando no meu caminho,
não é difícil de tirar, é verdade
Porque eu sei que um dia você vai estar gritando meu nome,
E eu vou simplemente olhar pro outro lado... é verdade

Então vai em frente, me odeio, fale tudo que quiser
Para que todos possam ouvir
Me acerte com o pior que você pode
e não recue, eu não me importo
Me acerte com todas as palavras, me jogue pra baixo,
eu não me importo,
Continue com isso, que eu vou mudar seu destino,
você quer ser
um perdedor com eu

Você me empurra contra os armários,
E tudo o que faço é deixar pra lá
Eu desconto quando eu for seu chefe
Eu não penso sobre os que me odeiam,
Porque eu posso virar um superestar,
Te vejo quando estiver limpando meu carro.

Ei você, ai no canto,
Mantenha o L no ar,
Ei você, ai no canto
Mantenha o L no ar, que eu não me importo,
Você pode me jogar gravetos, ou pedras,
Como um foquete, me veja ir embora,
Um perdedor, eu só posso ser que eu sou...

e ai, alguém reconhece???
*traduzida por mim, com minhas palavras, com a minha interpretação.



21 de mar de 2011

Filme: Sexo sem Compromisso

Atenção: Se você pretende ver esse filme, não assista o trailler. As melhores piadas estão lá...

Enfim, é um filme oposto para Natalie Portman... Enquanto em Cisne Negro ela tem problemas com a sua sensualidade/sexualidade, tendo que seduzir o treinador, nesse os problemas são com compromisso. Mas como o nome do filme sugere, sem problemas com fazer sexo, com a sensualidade do seu corpo.
Aliás, percebemos que desde o começo do filme o Adam - presonagem de Ashton Kutcher - quer um relacionamento sério, e ela fala de serem amigos com benefícios...
É um filme bom pra passar o tempo, com umas piadas boas que te faz rir pelo caminho. Porém, como toda a comédia romantica, todo mundo sabe o final, né?
Então, se você é que nem eu, e adora uma boa comédia romantica, fica a dica.

13 de mar de 2011

Série: Greek

Confesso que fiquei triste em ver o episódio final dessa série. Não porque esteja ruim, mas sim porque acabou. Depois de 4 temporadas, o FIM definitivo. E tem um final muito interessante.
Mas falando sobre a série, a história fala de jovens na univesidade buscando seu caminho. Tem as prometidas festas, diversão e namoros que queremos quando ingressamos no mundo universitário. Tem o nerd que quer ser popular, a loira que não quer ser vista como burra (e sempre mostra que é boa e consegue transformar as opiniões), o rico que procura algo mais, o hippie que nunca quer se formar por medo de ser adulto.
Nos EUA, durante a faculdade, há o que eles chamam de "Greek sistem", que são casas, repúblicas, onde apenas  algumas poucas pessoas podem morar. Nesse série é mostrada a importancia da irmandade, as amizades que podem ser para sempre, as decisões na faculdade que podem afetar toda a sua vida.
Mas no final, mostrou também que nem sempre o que acontece com você durante a faculdade vai demostrar como as coisas vão acontecer no "mundo real". O medo da mudança está sempre presente, creio que em todo mundo. Nos mostra que seguir em frente faz parte. Crescer faz parte.
Na série também há a discussão sobre homossexualidade, e como as pessoas reagem a isso. Esse episódio em particular foi um dos meus favoritos. (para quem acompanha, o episódio que o Calvin assume que é gay, e tem todo o problema na casa dele. E no final, o namorado assume para os KT que é gay, e eles fazem piada disso - no bom sentido)
E uma série que mostra que a faculdade é o lugar de cometermos erros, porque na vida real, não teremos um amigo ou professor do lado para nos ajudar e nos ensinar. É uma época de levarmos tudo os extremo e vivermos intensamente tudo o que podemos.
Dizer que é a melhor série talvez seja um exagero, mas para mim, é uma das melhores apesar de não ter feito muito sucesso nos EUA. Uma das poucas que já começou no período de faculdade. Acho que eles gostam mais do ensino médio...
Enfim, quando tiver tempo irei rever essa série, e quem sabe não tenho outras lições dela para colocar aqui?