Páginas

25 de fev de 2011

Filme: Amor por Acaso

Quando vi o anuncio desse filme no cinema, de primeira queria ver. Normalmente as misturas de duas culturas sempre gera uma coisa interessante. Nesse filme, apesar da grande maioria das piadas serem brasileiras, ele não ficou para trás.
O filme tem um toque de comédia, e romance. Duas coisas que eu realmente gosto num filme.
Mas o que realmente me deu gosto ver foi a Juliana Paes indo de igual para igual com os americanos. Falou em inglês quase o filme inteiro, não deixou para trás em nada e mostrou que uma atriz brasileira pode ser tão boa quanto qualquer americana e que brasileiros podem sim falar inglês muito bem. Como deu pra perceber, só a intrerpretação dela no filme o faz valer a pena.
Outra coisa que achei interessante desse filme foi o merchandise. Ela trabalhar na Leader a mostrar a marca desse jeito foi uma sacada de mestre. Não gostei do final, com o Márcio Garcia, que dirigiu esse filme, aparecendo para fazer a propagando do shapoo. Aquilo foi bem forçado.
Bom, o filme é uma mistura de Brasil e EUA. Apesar da história batida, as piadas meio forçadas em alguns momentos, no final, é um filme que vale uma tarde da sua vida. Valorizar o cinema brasileiro é sempre bom!
obs. A Juliana Paes beija o Clark Kent! - tinha que falar isso!

14 de fev de 2011

Filme: Burlesque

Simplesmente estou apaixonada por esse filme. É um musical fantástico com muitas cores e músicas muito boas. Assim que cheguei em casa do cinema, fui procurar as musicas para baixar, afinal quero elas do meu lado, para ouvir sempre.
Durante o filme, tinnha numeros musicais que queria voltar e ver de novo e de novo. Se eu tiver a oportunidade, vou ver no cinema de novo esse filme. Ele mereçe!
Tá, a história é meia Show Bar. A garota talentosa do interior vai para cidade grande, nesse caso LA, e acaba trabalhando em um bar/casa de show.
O filme inteiro é extremamente sensual. As garotas dançam e cantam de forma sensual, com roupas de show biz pequenas, com muito brilho e muita maquiagem. Isso quando não é só a maquiagem. Mas o que eu achei interessante é que, apesar de toda a sensualidade existente no filme, as cenas de sexo são praticamente inexistentes. A maioria são deixadas apenas na imaginação, o que acaba gerando um toque especial no filme.
As cores, as roupas, os penteados, as maquiagens tudo no filme está muito bem feito, colorido e perfeito. Tenho que assistir mais algumas vezes para encontrar algum defeito.
Para os fãs de Glee como eu, a Diana Agron, também conhecida com Quinn, faz uma minuscula participação nesse filme. Se eu fosse ela, não teria feito. Tá bem insignificante, e mal dá para reconhecer que é ela. Só os fãs mesmo percebem.
Acho que se tem um erro nesse filme foi só ter dito as duas como cantoras, e elas só terem cantado solos. Talvez se tivesse um dueto em alguma musica, mais alguém. Mas mesmo só com as duas, elas super deram conta. 
Apesar da história batida eles conseguiram fazer um filme praticamente perfeito. Vale a pena conferir!

13 de fev de 2011

Filme: Going the Distance

Há muito tempo que eu não via uma comédia romantica tão divertida. E olha que no momento que eu assisti eu nem tava de muito bom humor.
O filme conta a história de um casal que começa a ficar junto por um tempo determinado, afinal ela ia se mudar pro outro canto do país. Só nesse começo, que tem meia hora, tem várias cenas engraçadas, um porque ela é muito mais inteligente que ele, e o clima entre os dois atores é muito gostoso de ver.
Enfim, ela tem que mudar, eles ainda não estão prontos para terminar, então resolvem tentar a relação a distancia. A história parece meio batida, mas diferente das comédias romanticas normais, o casal ideal já está formado no início do filme, a questão é como eles vão permanecer assim.
A luta entre carreira e amor está bem presente e bem discutida nesse filme. O que você escolheria? O amor da sua vida, ou seu emprego dos sonhos?
Bom, é um filme descontraído, divertido e que dá pra rir bastante.

Série: Smallville

Esse é a série mais estranha. Foi a primeira que eu gostei, e com ela que aprendi  a usar a internet para atualizar minhas informações sobre as séries. 
Mas se tem um série que não é estável, é essa. Nas primeiras temporadas ela era bem divertida, com o Clark Kent descobrindo quais poderes e sendo um nerd meio retardado. Apesar dos pequenos erros de tempo. Uma coisa que eu nunca entendi, é o que foi feito com o cachorro com super poderes. Ele apareceu em um episódio, onde era o central, o problema pro Clark resolver. No final, ele foi adotado e supostamente vive na fazenda. Mas tem episódio que ele aparece, tem episódio que não. Onde ele fica, nos episódios que ele não aparece?
O Lex, interpretado pelo Michael Rosenbaum era um dos meus personagens preferidos. Mas infelizmente, ele saiu na 7ª temporada. A partir dai, começou o vai e vem mais sério, porque até então o que atrapalhava a série é a sempre presente expectativa de 'Quando o Clark vai assumir seu papel de Super-homem?'. Sempre fica nesse quase, a liga da justica QUASE se forma, a capa foi entregue, mas nunca usada, as cores, o vermelho e azul, são colocados no casaco dele. Enfim, muitas coisas QUASE aconteceram, deixam a expectativa, mas nunca se cumprem, dando a idéia de promessa quebrada.
Apesar das falsas expectativas, a 8ª temporada foi a pior de todas. Muito chata mesmo. Quase me fez desistir de Smallville de vez. Mas ai na 9ª eles fizeram a temporada muito bem feita, e mesmo faltando o Lex a temporada foi boa. Agora estamos na 10ª, suportamente a final, e está simplesmente doida. Eles tiram coisas do fundo do baú e não explicam. Tem episódios que eu simplesmente não entendo... Tá tudo meio confuso. Personagens aparecendo do nada, explicações que não fazem sentido, Enfim, alguns episódios são doidos, outros são muito bons.
Eu não sei mais o que pensar. Se me perguntarem se eu gosto de Smallville, minha resposta atualmente será apenas, acompanho quando tenho tempo sobrando. Não sei mais o que pensar, e desisti de tentar analisar a série e encontrar o Super-homem nela. Seria melhor se eles pegassem os mesmos atores e transformassem na Liga da Justiça logo de vez. E deixa o garoto colocar a cueca pra fora da roupa e virar logo o super-homem, defendo os EUA com as cores azul e vermelha - "dando esperaça ao povo"....

12 de fev de 2011

Essas pessoas que nunca ficam sozinhas...

Algumas vezes na vida me sinto tão sozinha.
Há muito tempo já descobri que se quero mesmo fazer alguma coisa, tenho que fazer sozinha. Se for ficar esperando alguém aparecer para ir comigo, acabo não fazendo o programa. Mas a verdade é que o programa sozinho, na maioria das vezes, é apenas meio programa. Sinto falta de uma pessoa pra compartilhar esses momentos.
Quando estou nessa fase, me sentindo sozinha, sempre acabo pensando nas pessoas que nunca estão sozinhas. Como elas conseguem?
Tem sempre alguém por perto. Por mais louca que seja a idéia da pessoa, sempre tem um retardado do lado pra fazer junto com ela. Tem pessoas que nunca fizeram uma viagem sozinha, nem mesmo em casa, não ficam 30 min sozinhas. Pelo menos, eu acho que não.
Nossa, às vezes eu queria muito ser uma pessoa assim. Mas na verdade eu gosto de fazer algumas coisas sozinhas.
Só gostaria de ter companhia de vez em quando...
Achar o equilibrio é uma coisa bem complicada... Se alguém ai souber como, me avisa por favor!

3 de fev de 2011

Música: A Tendência - Strike

Ok, concordo que meu gosto musical é um pouco duvidoso em muitos momentos, mas presa no transito sou quase obrigada a escutar algumas musicas. Na maioria das vezes, fico rindo de tão idiotas que são...
Essa musica em particular me chamou atenção quando estava com um amigo no carro e ele me disse que a musica era verdadeira, que as mulheres hoje em dia só querem saber de aparência... porque claro, os homens nunca fizeram isso conosco...
mas que seja... fiz umas pequenas modificações no letra, que era para ficar mais feminina mas acho que no final ficou apenas mais um crítica... enfim... quero saber quem consegue encontrá-las... =)


A Tendência Strike

Se já não sei quem eu sou
e vivo sempre a esperar, a tendência, a tendência
mudei o look e aumentou
minha audiência sem eu precisar de essência, de
essência
posso ter bunda ou peito, loira ou morena,
eu mudo até você me aceitar
posso ser burra assumida ou um fashion colorido
o que importa é alguém comprar
se quer saber, cansei, o mundo me ignora
e eles não ligam pra mim,
voltei, sou rockstar agora, vazio por dentro mas por
fora perfeitin

Se eu bombar, meu site na internet você vai me amar,
vou rebolar no Youtube até você cansar, e na TV vou
estar,
serei teu vício,
e eu já choro até,
e se não tiver letra é só cantar yeah yeah,
se falta conteúdo vai sobrar dinheiro,
não sou inútil mas sou qualquer,
você vai querer estar comigo

Eu hoje aperto a blusa pro volume ser maior,
se esquento o cabelo pra auto estima é melhor
de saia e gola V pra causar no shopping e conquistar
você

se quer saber, cansei, o mundo me ignora
e eles não ligam pra mim,
voltei, sou rockstar agora, vazio por dentro mas por
fora perfeitin

Se eu bombar, meu site na internet você vai me amar,
vou rebolar no Youtube até você cansar, e na tv vou
estar,
serei teu vício,
e eu já choro até,
e se não tiver letra é só cantar yeah yeah,
se falta conteúdo vai sobrar dinheiro,
não sou inútil mas sou qualquer,
você vai querer estar comigo

mas eu não tenho nada a acrescentar
só tarado que tenta aproximar
na capa da revista VIP pra você olhar
uo uo u baby

Se eu bombar, meu site na internet você vai me amar,
vou rebolar no Youtube até você cansar, e na tv vou
estar,
serei teu vício,
e eu já choro até,
e se não tiver letra é só cantar yeah yeah,
se falta conteúdo vai sobrar dinheiro,
não sou inútil mas sou qualquer,
você vai querer estar comigo

uo uooo uo uoo baby
serei teu vicio
uo uooo uo uoo baby
serei teu vício